O objetivo, segundo Nunes Coelho, é contribuir para a formação de hábitos alimentares mais saudáveis
O objetivo, segundo Nunes Coelho, é contribuir para a formação de hábitos alimentares mais saudáveis

Taubaté (SP) – O vereador Nunes Coelho (PRB) defende o fim da comercialização de refrigerantes nas escolas públicas e privadas de educação básica de Taubaté. O projeto prevê punições como multas e até suspensão de alvará de funcionamento das cantinas que desrespeitarem a lei.

Nunes Coelho propõe fim da venda de refrigerantes nas escolas de Taubaté

O objetivo, segundo o republicano, é contribuir para a formação de hábitos alimentares mais saudáveis.

“Um dos responsáveis pela obesidade infantil é o refrigerante. Além disso, ele possui diversas substâncias que são um perigo à saúde das crianças”, afirmou o vereador.

Nunes Coelho aponta que o refrigerante é uma bebida não alcoólica, fabricada industrialmente, à base de água mineral e açúcar, podendo conter edulcorante, extratos ou aroma sintetizado de frutas ou outros vegetais e gás carbônico, que são elementos completamente nulos para a nutrição das pessoas.

Texto e fotos: Ascom vereador Nunes Coelho

Posts Relacionados