marcos-pereira-prb-encontro-em-osasco-foto-ascom-03-12-18
O deputado federal eleito por São Paulo e presidente nacional do PRB afirmou que a reforma da Previdência deve cortar privilégios, sem prejudicar os mais pobres

Osasco (SP) – Marcos Pereira disse no último sábado (1) que só vai apoiar uma proposta de reforma da Previdência que contemple todos os setores e que não poupe o que ele chamou de “casta de privilegiados”. A declaração aconteceu durante encontro regional do PRB Osasco (SP).

“Quero apoiar todas as reformas, em especial a da Previdência, desde que elas não prejudiquem os mais pobres e os mais necessitados, e que mostrem um norte seguro para o Brasil”, disse sob aplausos dos mais de 200 republicanos presentes.

O presidente nacional do PRBafirmou que a proposta de reforma da Previdência em discussão no Congresso não tem condições de ser aprovada. Ele apontou que o texto atinge a classe trabalhadora e preserva alguns setores, especialmente servidores da União (governo federal).

“O gasto médio da Previdência com um trabalhador do setor privado aposentado é de R$ 1.198, com teto de R$ 5 mil. Já com servidores federais esse gasto médio é de R$ 14,7 mil com teto muito maior. Isso não está certo”, discursou.

Marcos Pereira, contudo, afirmou que a reforma é fundamental para sanar as contas públicas e atrair investimentos nacionais e internacionais. “Desde que seja uma reforma justa, que ataque os privilégios”, reforçou.

Hoje, mais de 50% do orçamento da União é destinado para pagar aposentadorias. Outros 30% são usados para pagamentos de salários. “O novo presidente só terá 2% do orçamento para investir. Isso não é nada para um país que precisa fazer muita coisa”.

R$ 35 milhões para São Paulo

Ao longo de 2018, Marcos Pereira conseguiu indicar mais de R$ 35 milhões em recursos para saúde, educação e infraestrutura para municípios paulistas.

Como ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços e presidente do PRB, ele destinou ambulâncias, gabinetes odontológicos, ônibus escolares e recursos para saneamento básico.

Entre os municípios da região Oeste que ainda devem receber recursos estão Osasco (R$ 1 milhão para infraestrutura), Cotia (R$ 1,3 milhão para infraestrutura) e Carapicuíba (R$ 1 milhão para infraestrutura e R$ 2,5 milhões para custeio).

“Consegui destinar tudo isso sem ser deputado federal. Seguirei trabalhando ao longo destes quatro anos especialmente para beneficiar pequenos e médios municípios”, garantiu o líder do PRB.

Prefeito destaca crescimento do PRB

Presente ao evento, o prefeito de Osasco, Rogério Lins (Podemos), destacou o crescimento do PRB, de 21 para 30 deputados federais, e atribuiu o sucesso do partido ao comando nacional de Marcos Pereira. “Depois de eleito, Marcos Pereira me recebeu em Brasília e antes mesmo de ter assumido seu mandato já destinou recursos para a saúde de Osasco”, relatou.

Lins também ressaltou que nunca viu, em 16 anos de vida pública, o retorno tão breve para agradecer os votos recebidos. “São poucos os homens públicos que se destacam nacionalmente e que voltam às bases. Gratidão é um gesto nobre”.

O deputado estadual Gilmaci Santos (PRB-SP) também destacou a destinação de emendas parlamentares e anunciou outros investimentos para a região.

Lideranças regionais

Marcos Pereira aproveitou o encontro para agradecer o apoio e os votos recebidos na região. Estiveram presentes os presidentes do PRB de 10 municípios, além de vereadores, entre eles Ricardo Silva, anfitrião do evento ao lado de Silvio Neves, coordenador regional do partido.

Texto e foto: Ascom Marcos Pereira

Posts Relacionados