Renata Sene: mulher, mãe, esposa, filha, cristã, educadora, assistente social e presidente municipal do PRB
Renata Sene: mulher, mãe, esposa, filha, cristã, educadora, assistente social e presidente municipal do PRB

Renata Sene é mulher, mãe, esposa, filha, cristã, educadora, assistente social e presidente municipal do PRB. Uma mulher completa. Renata é pré-candidata a prefeita pelo PRB em Francisco Morato, cidade de 168 mil habitantes. Além de apaixonada pelo município, ela está preparada para fazer uma gestão limpa, voltada para educação e resgate da boa política.

“Tenho orgulho em dizer que faço parte da população moratense que trabalha e corre atrás para superar os desafios impostos pelo dia a dia”, afirma a jovem de 37 anos, que quer o melhor para o seu filho Gabriel e para as próximas gerações de Francisco Morato.

Formou-se em educação infantil desde 1997, mesmo ano em que ingressou no serviço público municipal. Por entender que sua missão em ajudar as pessoas seria ainda maior, graduou-se em Serviço Social (2001). Ela também tem MBA em Gestão da Administração Pública Municipal (2008), pós-graduação em Administração e Planejamento de Projetos Sociais (2009), pós-graduação em Psicopedagogia no Paraná (2012) e Mestrado em Ciências Sociais pela Universidade La Matanza (Buenos Ai res – 2013).

Esta semana, o PRB São Paulo conversou com Renata Sene. Acompanhe.

"Desejo uma Francisco Morato mais justa", afirma Renata Sene - Foto do lançamento da pré-candidatura (19/03/2016)
“Desejo uma Francisco Morato mais justa”, afirma Renata Sene – Foto do lançamento da pré-candidatura (19/03/2016)

PRB São Paulo – Quais são suas experiências administrativas?

Renata Sene – Tenho 20 anos de funcionalismo público. Por duas vezes fui coordenadora da Secretaria Municipal de Assistência Social de Francisco Morato, entre 2005 e 2008 e entre 2013 e 2015, quando pedi licença do cargo para assumir a presidência do PRB. Tomei essa decisão porque quero o desenvolvimento da cidade que eu nasci, cresci e atualmente crio o meu filho. Foi o que me impulsionou a ser pré-candidata pela primeira vez.

PRB São Paulo – Conte-nos em poucas linhas sua história política.

R.S. – Minha história política é efetiva com 20 anos de funcionalismo público. Durante esses anos tive a oportunidade de exercer cargos de chefia e entender como funciona a administração pública, como se acessa os recursos disponíveis, como se faz parceria com a sociedade civil e a articular com a população, ou seja, fazer política. Além disso, os anos como assistente social em que precisei entender e vivenciar as comunidades me formaram como presidente do partido, só vivenciando conseguimos construir políticas públicas.

PRB São Paulo – Porque escolheu o PRB?

R.S. – Minha chegada no PRB se deu por meio do Rogério Hamam, que na época era secretário estadual de Assistência Social. Ele teve um olhar diferenciado pela cidade e contribuiu efetivamente no desenvolvimento, dando apoio a projetos importantes. Quando ele assumiu o cargo de Secretário Nacional de Futebol e Direitos do Torcedor, Hamam me convidou para fazer assessoria técnica em um projeto social. Por meio do projeto, surgiu o convite. O PRB é sério e compromissado com a população. Espero traduzir para Francisco Morato a identidade do partido de limpeza, transparência e o compromisso com a ética.

Com o presidente nacional do PRB, Marcos Pereira. “O PRB é o partido que mais cresce no Brasil, mas o que realmente importa é a qualidade. E qualidade você tem de sobra”, disse ele à Renata, no dia do lançamento da candidatura
Com o presidente nacional do PRB, Marcos Pereira. “O PRB é o partido que mais cresce no Brasil, mas o que realmente importa é a qualidade. E qualidade você tem de sobra”, disse ele à Renata, no dia do lançamento da candidatura

PRB São Paulo – Porque aceitou o desafio de disputar a prefeitura?

R.S. – Não quero chamar isso de desafio, mas de oportunidade. Quando você quer ver o desenvolvimento e melhorias da sua cidade e sente que pode fazer mais, é impulsionada para isso. Acredito ser alguém a somar e mostrar que pode sim ser diferente, com respeito, honestidade e acima de tudo vontade de fazer. Francisco Morato pode mais.

PRB São Paulo – Como você analisa a situação atual de Francisco Morato?

R.S. – Francisco Morato sempre foi e ainda é uma cidade dormitório, uma cidade que tem boa parte da população em situação de vulnerabilidade social. Como se não bastasse os setores de saúde e educação estão sucateados.

PRB São Paulo – Qual é o principal problema de seu município hoje? Como pretende combatê-lo?

R.S. – O principal problema é a falta de empatia que a atual administração tem com os moratenses. Esse descaso com a população, essa falta de amor pela cidade, leva a uma série de outros problemas e prejudica o quedeveria ser a mais nobre das atividades, que é a política. Ser político implica em representatividade, ser alguém que fala e age por nós, pela melhoria. O nosso objetivo é trazer de volta o povo moratense pra dentro desse meio, dar a voz, construir junto. Que as pessoas possam ter na administração pública uma referência de um serviço de excelência.

Lideranças políticas e apoiadores de Renata Sene no lançamento de sua candidatura
Lideranças políticas e apoiadores de Renata Sene no lançamento de sua candidatura

PRB São Paulo – Conte-nos um pouco de suas principais propostas.

R.S. – Desejamos oxigenar a política moratense com um programa de governo que prime pela eficiência e transparência. Os principais eixos serão: assistência, saúde e crescimento. Francisco Morato precisa de um programa de assistência social que garanta os direitos básicos de cidadania às crianças e idosos em situação de vulnerabilidade. Uma saúde pública de qualidade e eficiente e uma proposta de desenvolvimento que dialogue com as aspirações de nosso povo e esteja a altura de nossos sonhos.
PRB São Paulo – Como você vê a situação do Brasil hoje?

R.S. – O Brasil precisa que os valores políticos, como por exemplo, que a ética e o profissionalismo do Poder Executivo sejam resgatados. Os brasileiros estão desacreditados, este é o sentimento que assola o país e imaginem para um trabalhador que enfrenta um dia a dia pesado de trabalho, saindo antes do sol nascer e voltando com o sol já posto, trabalhando para ter o que comer, ter o sentimento de que quem está no poder não vai fazer nada para mudar sua situação, ou ao menos amenizar seus problemas. É muito lamentável. O clima crítico que temos visto nas ruas tem muito deste sentimento que de fato causa revolta, mas que pode mudar. Será preciso um longo caminho para que a população volte a acreditar que uma gestão de qualidade só pode trazer benefícios e desenvolvimento.

PRB São Paulo – Como você se descreveria como pessoa?

R.S. – Mãe, mulher, esposa, filha cristã, educadora, assistente social e presidente do PRB de Francisco Morato. Tenho uma longa trajetória e formação e em gestão pública e tenho orgulho em dizer que faço parte da população moratense que trabalha e corre atrás para superar os desafios impostos pelo dia a dia.

PRB São Paulo – Há algo que gostaria de destacar?

R.S. – Como moratense eu desejo uma Francisco Morato mais justa, que atenda a todas as necessidades, apesar das dificuldades, que seja exemplo de progresso. Temos bons exemplos na cultura, na arte, na educação e empresários, todos frutos da cidade e a serem seguidos.

Ping-pong

Sua motivação: A esperança.

Um sonho: Uma sociedade justa para todos.

Família: Meu alicerce e minha fortaleza.

Cidade: Passa por desafios como todos nós.

Brasil: Gente que batalha.

PRB: Ética e transparência.

Inspiração: Olhar o rosto do meu filho.

Confiança: Esperança.

Uma frase: “Prepara-se o cavalo para o dia da batalha, porém do Senhor vem a vitória.” (Provérbios 21:31)

Quem é você: Sou mãe, mulher, esposa, filha cristã, educadora, assistente social e presidente do PRB de Francisco Morato.

Uma mentira: Dizer que algo não tem solução.

Uma verdade: Quanto mais mentiras disserem sobre mim, mais verdades direi sobre eles.

Entrevista: Ascom – PRB São Paulo

Fotos: Alison Leite

Renata com o deputado estadual Jorge Wilson Xerife do Consumidor.  Ela tem o apoio dos cinco deputados estaduais e dos 21 federais do PRB
Renata com o deputado estadual Jorge Wilson Xerife do Consumidor. Ela tem o apoio dos cinco deputados estaduais e dos 21 federais do PRB
Posts Relacionados