“O Governo Federal precisa tratar com absoluta seriedade a questão da violência sexual contra crianças e adolescentes”, disse Roberto Alves
“O Governo Federal precisa tratar com absoluta seriedade a questão da violência sexual contra crianças e adolescentes”, disse Roberto Alves

Brasília (DF) – Na abertura dos trabalhos legislativos de 2019, o deputado federal Roberto Alves (PRB-SP) chamou a atenção para a importância de reforçar o combate à violência sexual contra crianças e adolescentes, sendo parte da estratégia de reforçar a segurança pública em todo o país, conforme foi dito na mensagem do Presidente da República.

Alves destaca que o Governo Federal precisa reforçar e modernizar a estrutura das instituições federais, estaduais e municipais que atuam na defesa e proteção da criança e do adolescente, como conselhos tutelares e delegacias especializadas. Segundo ele, é necessário investir na capacitação e qualificação dos profissionais de saúde e de segurança pública, para que atendam melhor as vítimas de violência sexual infantojuvenil.

“O Governo Federal precisa tratar com absoluta seriedade a questão da violência sexual contra crianças e adolescentes. É preciso melhorar a qualidade do atendimento às vítimas, assim como é importante modernizar a infraestrutura de investigação dos crimes”, destacou o republicano.

Números do Disque 100

Dados do Disque 100 apurados entre os meses de janeiro e junho de 2018, registram 6.350 denúncias de abuso sexual contra crianças e adolescentes. Outras 1.380 denúncias envolveram exploração sexual infantojuvenil e 1.332 denúncias envolveram pornografia infantil. Com base nos números do Disque 100, durante o primeiro semestre de 2018, uma criança ou adolescente foi vítima de abuso sexual a cada hora, no Brasil.

“Este crime precisa ser combatido com mais firmeza pelo poder público”, disse Roberto Alves.

Texto: Ascom deputado federal Roberto Alves
Foto: Douglas Gomes

Posts Relacionados