DSC_0166Na primeira quarta-feira de agosto (03/08) o deputado estadual Gilmaci Santos (PRB) acompanhou a reunião da CPI da Merenda, da Assembleia Legislativa de São Paulo. O parlamentar é membro efetivo da Comissão Parlamentar de Inquérito que foi constituída para apurar e investigar o fornecimento de merenda escolar em todas as escolas estaduais, nos contratos firmados por empresas e por cooperativas de agricultura familiar com o governo do Estado de São Paulo e municípios paulistas. A CPI também investigará eventuais ações de agentes públicos e políticos que possam ter prejudicado os cofres públicos.

O deputado republicano lembra que será preciso agilidade na convocação e leitura dos documentos enviados pela corregedoria do Estado e que o trabalho da comissão é de extrema importância. “Essa é uma das CPIs mais importantes em funcionamento na Casa, é preciso trabalhar para que ela seja ágil e eficaz”, disse Gilmaci.

Durante a reunião ­foi apresentado o plano de trabalho da comissão. Segundo o relator da CPI, deputado Estevam Galvão, a comissão trabalhará sobre três eixos: “investigar o governo do Estado, as cooperativas agrícolas e empresas privadas, e os municípios”.  A comissão investigará dezenas de prefeituras paulistas. Durante a reunião os deputados aprovaram a convocação de três delegados de polícia e um administrador da cooperativa suspeita, a Coaf, para depor na próxima terça-feira (9).

Texto e Fotos: Amanda Fischer – Assessora de imprensa deputado Gilmaci Santos

DSC_0146

 

Posts Relacionados