- Republicanos 10 SP - http://republicanos10sp.org.br -

Celso Russomanno defende interesses do Brasil em reunião do Parlamento do Mercosul

Presidente da Representação Brasileira no Mercosul, republicano esteve em Missão Oficial na cidade de Montevidéu, onde participou da 62º Sessão Ordinária do Parlasul
Presidente da Representação Brasileira no Mercosul, republicano esteve em Missão Oficial na cidade de Montevidéu, onde participou da 62º Sessão Ordinária do Parlasul

Montevidéu (Uruguai) – Entre os dias 28 e 30 de abril, o deputado federal Celso Russomanno (PRB-SP), presidente da Representação Brasileira no Mercosul, esteve em Missão Oficial na cidade de Montevidéu, onde participou da 62º Sessão Ordinária do Parlamento do Mercosul (Parlasul), para discutir sobre as mudanças no Parlamento, propostas e eleições diretas de seus representantes. Durante o compromisso, o republicano ainda participou de uma reunião realizada pelo Embaixador Bruno Bath com os novos parlamentares que integrarão o Bloco.

De acordo com o compromisso assinado na última segunda-feira (29) durante a Sessão, haverá a suspensão das eleições diretas para representantes do Parlasul, que no Brasil aconteceriam em 2022, o que fará com que os países-membros permaneçam com autonomia para eleger seus representantes, dentre parlamentares já eleitos pelo povo, o que gerará uma economia para todos.

“Com este texto construímos uma forma de deixar para que cada país, sem uma data específica, faça eleições para parlamentares do Mercosul e contemplamos todas as delegações”, disse Celso Russomanno. Outros temas discutidos no encontro foram a importância do Dia Internacional do Trabalhador e ainda uma recomendação para promover um período maior de licença maternidade e direitos para mães e filhos.

No evento também foram realizados os Seminários Internacionais sobre “Rotulagem de Alimentos” e sobre o “Trabalho do Futuro e a Declaração Sociolaboral do Mercosul”, onde foi reafirmado o compromisso entre os membros do Parlamento de respeitar, promover e colocar em prática os direitos e obrigações expressos na Declaração da Organização Internacional do Trabalho (OIT) sobre os Princípios Fundamentais no Trabalho e seu Seguimento.

Texto: Patricia Pacheco / Ascom – deputado federal Celso Russomanno
Foto: Reprodução Parlasul