Fórum Permanente Inter-Religioso para uma Cultura de Paz e Liberdade de Crença foi debate entre o deputado e representantes do Centro de Documentação, Cultura e Política Negra de Piracicaba
Fórum Permanente Inter-Religioso para uma Cultura de Paz e Liberdade de Crença foi debate entre o deputado e representantes do Centro de Documentação, Cultura e Política Negra de Piracicaba

Piracicaba (SP) – O vereador Marcos Abdala (PRB) debateu sobre a criação, na Câmara Municipal de Piracicaba, do Fórum Permanente Inter-Religioso para uma Cultura de Paz e Liberdade de Crença. Nesta quinta-feira (6), o parlamentar conversou sobre o assunto com Adney Abreu e Agnaldo Oliveira, membros do Centro de Documentação, Cultura e Política Negra (CDCPN).

Na oportunidade, o republicano falou da Semana da Consciência Negra, da Semana das Religiões Afro-Brasileiras e do Dia da África, todos agendados para novembro. Abdala conversou, ainda, sobre a reunião solene para entrega do Título de Cidadã Piracicabana à Vânia Maria da Silva Soares, secretária-geral e presidente do Comitê Gestor do Fórum Inter-Religioso para uma Cultura de Paz e Liberdade de Crença no Estado de São Paulo, órgão da Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania.

CDCPN

Criado em 25 de fevereiro de 1992, pelo Decreto Lei Municipal 3394, o Centro de Documentação, Cultura e Política Negra de Piracicaba é um órgão ligado à Secretaria Municipal da Ação Cultural e Turismo e tem como principais atribuições o apoio e a realização de ações efetivas para a superação das desigualdades raciais e o combate ao preconceito. O CDCPN é sede do Conselho Municipal de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra de Piracicaba (Conepir ).

Texto e foto: Ascom – vereador Marcos Abdala

Posts Relacionados