Vice-prefeito de Arujá (SP), Dr. Márcio Oliveira (PRB) esteve no local para conhecer políticas públicas inovadoras e que são modelos de gestão
Vice-prefeito de Arujá (SP), Dr. Márcio Oliveira (PRB) esteve no local para conhecer políticas públicas inovadoras e que são modelos de gestão

Caraguatatuba (SP) – Na manhã de terça-feira (19), o vice-prefeito de Arujá (SP), Dr. Márcio Oliveira (PRB), visitou o Centro Integrado de Atenção à Pessoa com Deficiência e ao Idoso (Ciapi), que fica no Jardim Jaqueira, em Caraguatatuba (SP), com o objetivo de conhecer políticas públicas inovadoras e que são modelos de gestão para ajudar a melhorar o atendimento nestas áreas em Arujá.

A visita contou com a presença do prefeito de Caraguatatuba, José Pereira de Aguilar Junior; do presidente da Câmara, Francisco Carlos Marcelino (Carlinhos da Farmácia); do vereador Renato Leite Carrijo de Aguilar (Tato Aguilar); do secretário de Desenvolvimento Social e Cidadania, Jonas Fontes dos Santos; e do diretor do Ciapi, Fabiano Vieira.

A instituição, inaugurada em 2016, conta com uma equipe multidisciplinar, composta por psicólogos, assistentes sociais, professores, psicanalistas, fisioterapeutas, médicos e terapeutas ocupacionais, entre outros.

No local, são realizadas inúmeras atividades como oficinas culturais, palestras e atendimento integral aos idosos e deficientes. “É um divisor de águas, não havendo nada igual no Brasil”, afirmou Dr. Márcio, ao receber um presente das mãos da Sra. Ivone, que é atendida pelo Ciapi.

Inovação

Os idosos e pessoas com deficiência que residem em Caraguatatuba contam desde abril de 2016 com um novo espaço para a realização de atividades, tanto para a promoção da saúde, quanto para integração, lazer e entretenimento. O local tem capacidade para atender até mil pessoas por dia.

Além de espaços múltiplos, como piscina adaptada, sala de jogos, quadra esportiva, academia, sala de TV, espaço para fisioterapia, sala de atendimento ao portador de deficiência visual, entre outros, o centro ainda tem condições de oferecer atenção diária, em tempo integral a 100 pessoas.

Neste caso, idosos e pessoas com deficiência, que são semi-dependentes e estão em situação de violação de direitos e vulnerabilidade social, podem passar o dia no Ciapi. No local eles recebem atendimento médico, psicológico, fisioterápico, e podem participar de diversas atividades que trazem mais qualidade de vida. Pelo menos 25 cuidadores foram contratados para atender esse grupo, que também faz as refeições e recebe os cuidados de higiene pessoal no local.

O centro funciona oito horas por dia e oferece diversas atividades. No caso das pessoas com deficiência, são atendidas aquelas com idades superiores a 18 anos. Profissionais que atuam nas políticas de proteção social da cidade fazem visitas e verificam, por ordem de prioridade, os pacientes que deverão frequentar o espaço. Já as demais atividades são disponibilizadas para todos os interessados da comunidade.

 

Texto e foto: Ascom – vice-prefeito Dr. Márcio Oliveira
Edição: Agência PRB Nacional

Posts Relacionados